JOSÉ FERREIRA Em quase duas décadas e meia de existência, os  Colour Haze só no ano passado é que se atreveram a percorrer a dist...

Colour Haze em data única no Hard Club para superar a estreia arrebatadora do ano passado no Moledo

JOSÉ FERREIRA

Em quase duas décadas e meia de existência, os  Colour Haze só no ano passado é que se atreveram a percorrer a distância cada vez mais curta de pouco mais de 2000 quilómetros que separa a capital alemã, de onde são, de Portugal. Neste caso, foi até ao norte do país, no Moledo, Viana do Castelo, que em Agosto do ano passado rumaram para se estrearem em solo nacional. Em boa hora o fizeram, com o novo In Her Garden acabado de sair na bagagem para um concerto arrebatador num Sonicblast a rebentar pelas costuras.

Ainda não passou um ano desde esta primeira passagem e a mesma promotora que organiza o festival centrado nas sonoridades mais próximas do universo do rock psicadélico/stoner volta a apostar no trio germânico, desta vez para um concerto em nome próprio e com data única.

É já este sábado que tocam no Hard Club, no Porto, com os portugueses Jesus the Snake e os berlinenses TAU a abrir.

Os bilhetes em venda antecipada custam 16 euros. No dia do concerto passam a 20 euros. As portas abrem às 21h e a primeira banda toca às 21h15.