Vilanculos é uma vila costeira que acolhe algumas das ilhas mais bonitas de África, tais como a Ilha de Santa Carolina (também conhecida c...

Moçambique: Por terras de Acácias (parte 2)

Vilanculos é uma vila costeira que acolhe algumas das ilhas mais bonitas de África, tais como a Ilha de Santa Carolina (também conhecida como Ilha do Paraíso), Bazaruto e Benguerra. Os seus mares azuis e transparentes povoados por Dhows (barcos tradicionais de vela), areais extensos e brancos pontuados por vegetação frondosa fazem com que alguns industriais e empresários (incluindo o governo de Moçambique) queiram fazer de Vilanculos um destino turístico essencial, chamando-lhe até “a pérola do Índico”.

Vilanculos, Moçambique

É frequente acordar bem cedo de manhã para ver a arte da pesca Xávega, um estilo de pesca tradicional feito com rede e depois assistir à venda do peixe na praia. As viagens para as ilhas são feitas em speed boats e na travessia até Santa Carolina podem ser avistados golfinhos e até tartarugas. 

Um Dhow em vilanculos


Vilanculos, Moçambique

Pescadores em Vilanculos

Pescadores (Xávega) em Vilanculos

Pescadores Vilanculos

Barco abandonado em Vilanculos

Em Santa Carolina, as águas são azuis marinho, verde-esmeralda e a pouca profundidade podem vislumbrar-se corais magníficos e cardumes de peixes de várias espécies. As areias são lindíssimas. A água é quente e convidativa. A ilha abriga um complexo hoteleiro em ruínas e no futuro está prevista a construção de um novo hotel. As ruínas imiscuem-se na zona mais florestal da ilha e de certa forma, conferem ainda mais carisma a esta ilha do Paraíso. Contam também uma história, a de Joaquim Alves, o português responsável pela construção dos edifícios motivado por razões sentimentais, fê-lo pelo amor que sentia por Dª Ana, uma Moçambicana por quem estava profundamente apaixonado.

Coqueiro em Vilanculos

Vilanculos, Moçambique


Dhow em Vilanculos


Ilha de Santa Carolina, Moçambique










Ilha de Santa Carolina, Moçambique


Baob Bab backpackers em Vilanculos

Vilanculos é uma vila tranquila com uma comunidade que vive essencialmente da pesca, mas havendo também uma área onde abundam os serviços e estabelecimentos comerciais. É também um local magnifico para experimentar a gastronomia nacional em locais como Zita’s food. Um restaurante humilde mas impecável que se aloja numa cabana e onde a comida é preparada por Zita, porque como ela mesmo nos disse, cozinha com o “coração” porque cozinhar não se trata apenas de juntar os ingredientes, mexer e já está. Não. Há que fazê-lo com a alma e coração e é esse carinho que se sente na comida preparada por Zita, até mesmo no espaço que prepara com esmero para os seus clientes. Matapa de camarão ou simples (um prato delicioso confecionado com folhas de mandioca pilada às quais é adicionado leite de cocô e amendoim) que pode ser servido com acompanhamento de arroz branco ou xima (farinha de milho cozida em água). Caril de frango com amendoim que fica a meio caminho entre o cremoso e o líquido e onde se pode sentir o verdadeiro sabor do amendoim (apesar de como Zita nos indicou se se vir pedaços de amendoim significa que foi mal cozido e que perdeu parte da sua fragância e sabor). Lulas, peixe e camarão grelhados e não há como não experimentar os piri-piris africanos caseiros. 

Piri Piri caseiro


Caril de frango com amendoim e Xima


Fruta da época


Prato moçambicano: Nhangana

O aproveitamento dos ingredientes é essencial neste continente, assim como se demonstra no prato chamado nhangana que é feito a partir das folhas de feijão piladas. São apenas alguns dos pratos deliciosos que podemos encontrar em Moçambique que podem ser bem acompanhados por uma cerveja moçambicana como a 2M ou a Manica. 

Vilanculos, Moçambique


Zita's Food Vilanculos

Se se quiser fazer uma pausa da cerveja, também pode encontrar-se perto da marginal em Maputo, a refrescante e deliciosa água de côco e o sumo de cana de açúcar. É na marginal que se pode também comer um excelente frango assado frente à praia com uma dose generosa de xima ou batatas fritas. Podemos também encontrar o mítico restaurante Costa do Sol. Um restaurante elegante com uma secção incrível ao ar livre e com vista para o mar. Incrível é também a comida que confecionam. Camarões suculentos com batatas fritas e um dos melhores caris de gambas da cidade.

Maputo é uma cidade calorosa, vibrante e surpreendente. Uma que nunca mais se esquece e que fica a fazer parte de nós, do nosso imaginário e da nossa realidade.

Texto e fotos: Cláudia Zafre, Moçambique, Abril 2019